sábado, 18 de maio de 2013

457# Actualizações da semana ou Semanário, se assim o quiserem chamar

 Antes de mais, para a Inn e para a Emilie Lorena sim, ainda há esperança para o Benfica. E, para a Alyra: obrigada pelas boas-vindas e tenho também de dizer que acredito sempre no meu clube, até ao último minuto do jogo.
Agora a minha semana. Foi interessante, passou rapidamente e não foi nada de mais, contudo, tenho de dizer que o melhor veio no fim. 
Ontem, sexta-feira, depois de uma tarde passada a escutar na biblioteca da escola com o grupo de sempre, fui para casa com o Zik e o A. Já tínhamos comprado a prenda para o D., alguma resumos para o teste de História estavam feitos e a única coisa que faltava era escolher a roupa para a festa surpresa. Para azar meu tive de ir comprar collants, o que me tirou mais meia hora do que precisava, quando cheguei à casa tomei o banho mais rápido da minha vida, vesti os collants, o vestido castanho, com um cinto preto, o meu casaquinho preto, enfiei o poncho e a carteira na mala e saí. O Zik levava a prenda e o A. ia ter ao restaurante.
Encontrei-me com o Zik no autocarro, no restaurante, quando chegamos, apenas lá estavam a Pi, o A., a mãe do D. e uma vizinha dele. Em pouco tempo chegaram a Sassá, a Cata e a Costa. No entanto, ainda faltava gente. Como consequência, pegámos nos telemóveis e começamos a telefonar a quem ainda não tinha chegado. Pedimos à mãe do D. para atrasá-lo por mais quinze minutos. Conseguido o atraso, alguém teve a ideia de esconder-nos na casa-de-banho, para que pudéssemos gritar surpresa quando ele aparecesse. Foi uma cena fantástica, porque toda a gente começou a pedir por silêncio e os telemóveis tocaram quase todos ao mesmo tempo e quando o D. chegou tivemos de desligar à pressa, quase sem dizer adeus. Feito parvos saltámos da casa de banho e cantamos-lhe os parabéns. E, nessa altura, foi perceptível que ele ficou contente, pois nem metade das pessoas que lá estavam tinham dito que iam ao jantar. Estando ele a contar com dez pessoas, sendo que ele estava incluído na contagem, apareceram, no final, vinte e três. E, todos juntos, tomámos conta do restaurante fazendo daquele lugar o nosso espaço.
Tivemos discursos, músicas, prendas, vídeos, lágrimas pelo meio, mais uma canção dos Parabéns à você, desta vez com bolo e velas. Uma meia horinha passada na rua - a levar com o fumo do tabaco e o vento - e conversas à parte com a Ni e a Sassá... enfim, tenho de dizer que foi uma óptima noite! Adorei.
A única coisa complicada da semana foram as mentiras ao Diogo.. Mentimos-lhe tando durante a semana... E ele ficou tão triste... 
Agora, sim, tem piada rir-me das expressões dele, porém, no momento, apenas me apetecia dizer: D., não fiques triste, nós vamos todos à tua festa. 
Foi  um dia muito bem passado.
Agora, próximo problema: Baile de finalistas! Vestido, sapatos e cabelo são a minha prioridade. Quanto ao par... Vamos em grupo! Ninguém está com paciência para convites, se bem que todos sabemos quem é que gostaria de ir com quem. 
P.S.: São momentos como estes que me fazem ter a certeza de que vou ter saudades da turma que agora tenho! Avante Hidrogénios!

Um óptimo fim-de-semana!
 
Valentina de Andrade

1 comentário:

  1. Se tivesses a turma que eu tenho, irias morrer de tédio.

    ResponderEliminar

"Posso não concordar com uma só palavra tua, mas defenderei até a morte o teu direito de dizê-lá."__ Voltaire